• Comunidades Parceiras

Expoentes da pluralidade cultural de Mato Grosso do Sul as comunidades participantes revelam a riqueza da malha social da região.

São Pontos de Cultura e organizações culturais com reconhecimento nacional de suas identidades e ações. Protagonismo, empoderamento e autonomia são os pilares que identificam esses grupos culturais.

Associação Jovens Indígenas Guarani Kaiowá em Ação -

Uma associação nascida há três anos do desejo dos jovens indígenas em valorizarem a cultura guarani kaiowá. Os jovens desenvolvem atividades que estimulam a prática de esportes, esportes tradicionais indígenas, danças e também o uso de mídias audiovisuais. Desenvolvem os Jogos de Integração Indígena de Amambai, participaram de duas edições do prêmio Culturas Indígenas e do Projeto Ava Marandu- Os Guarani Convidam e Mídias Contemporâneas Narrativas Populares. Produzem um jornal produzido colaborativamente que dá visibilidade as ações desenvolvidas.

Moinho Cultural Sul- Americano -

Uma ação social, através da arte, que envolve crianças e adolescentes dos municípios de Corumbá, de Ladário, de assentamentos circunvizinhos e de cidades bolivianas fronteiriças. Um núcleo de vivência artística e de preparação de técnicos em atividades artísticas e de intérpretes-criadores, ou seja, cidadãos cujo desempenho almeja tanto a excelência técnica de sua criatividade, quanto a busca pela transformação social da região e da melhoria do índice de desenvolvimento humano das comunidades adjacentes.

Casa de Ensaio -

Existe para cultivar a cidadania e expandir conhecimentos de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Através de uma metodologia teatral específica, cria oportunidades que vão muito além dos palcos. Um trabalho de transformação social que faz bem à sociedade e a quem é assistido. Uma escola de verdade, só que de brincadeira.

Cia das Artes -

Uma associação sem fins lucrativos que reúne trabalho de artistas, arteiros e amantes das artes nas diversas áreas culturais com o intuito de pesquisar e produzir o universo das artes, através de ações sócio/culturais diretas à comunidade geral. Mantém um ateliê onde pesquisa, cria e elabora cenários, figurinos, bonecos e adereços utilizados em suas produções, "ferramentas" pedagógicas para auxiliar profissionais na área da Educação, oficinas lúdicas para formação e capacitação de arte-educadores, e também, na elaboração de projetos socioculturais e captação de parceiros para a efetivação dessas ações.

Gira Solidário -

Uma OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) que defende e promove os direitos da criança e do adolescente por meio da comunicação especializada e do desenvolvimento de programas e projetos sociais de atendimento direto à população infantojuvenil em situação de vulnerabilidade social.

Ponto de Cultura do CICA -

Centro Integrado da Criança e do Adolescente - Uma associação civil, de assistência social, sem fins lucrativos, com personalidade jurídica de direito privado, com autonomia administrativa e financeira. Atende crianças e adolescentes de 07 a 16 anos que residem na região Bandeira que em sua maioria estão em situação de risco e apresentam alta vulnerabilidade social. As principais atividades são oficinas audiovisuais, o núcleo canto da leitura com as oficinas de contação de história e rodas de leitura, cultura artística com oficinas de arte circense e teatro de bonecos e as ações de palestras informativas que visam à prevenção e a sensibilização no âmbito da valorização humana e encontros culturais com a comunidade.

Ponto de Cultura da Colônia Paraguaia -

A Associação Colônia Paraguaia tem essa designação desde 1988, porém surgiu em 1973 como Casa Paraguaia. Em 2005 foi reconhecida como Ponto de Cultura pelo Ministério da Cultura e em 2010 pela Fundação de Cultura de MS. Chega a atender hoje cerca de 400 alunos, através de oficinas de Harpa, Guarani, Espanhol, Audiovisual, Dança Regional, Dança Folclórica e violão, atingindo assim o objetivo de agregar a população de Campo Grande e região, simpatizantes da cultura paraguaia e fortalecendo os laços fraternos existentes entre os dois povos.

Ponto de Cultura Mukando Kandongo -

Ponto de Cultura Mukando Kandongo - A Associação Familiar da Comunidade negra "São João Batista" é uma entidade civil de direitos privados sem fins lucrativos, autônoma, democrática apartidária, sem distinção de raça, etnia, origem convicções religiosas ou filosóficas. Desenvolve o Projeto Social Curumim Pé de Ouro, que atende 90 crianças e adolescentes com idade entre 06 e 14 anos proporcionando o desenvolvimento de suas habilidades artísticas, culturais, esportivas e educacionais, além da melhoria do convívio social e familiar.

Copyright © 2012 MEMÓRIAS DO FUTURO - Todos os direitos reservados.